sábado, 14 de junho de 2008

Lula sugere que etanol de cana seja usado no automobilismo nacional

Presidente se reuniu com representantes da Fórmula 3 Sul-americana e da GT3, e sugeriu que se façam testes para viabilizar a utilização do combustível em diversas categorias ao automobilismo.

O Presidente Lula recebeu hoje no Palácio do Planalto o bi-campeão de F-1 Emerson Fittipaldi e o piloto Pedro Enrique, jovem revelação da Fórmula 3 Sul-americana, categoria que terá provas neste fim de semana em Brasília.

Lula parabenizou o piloto, que largará na pole position na prova deste sábado, no Autódromo Internacional Nelson Piquet. Na audiência, que também contou com a presença de representantes da Fórmula 3 e da GT3 e do Ministro dos Esportes, Orlando Silva, o Presidente Lula sugeriu que o etanol da cana seja utilizado como combustível oficial do automobilismo brasileiro. Ele sugeriu a realização de testes comparativos entre o etanol e a gasolina nas duas categorias para se medir as emissões de CO2 na atmosfera.

“O Inmetro fez um estudo preliminar e ficou provado que um carro a gasolina emite cerca de 8,5 vezes mais CO2 que um automóvel movido a álcool. Por isso seria importante provarmos que a adoção do álcool pode trazer benefícios reais ao meio ambiente, além de não diminuir a potência do carro”.

O Presidente se reunirá na semana que vem com a Petrobras e com o Presidente da ÚNICA (União da Indústria de Cana-de-Açúcar), Marcos Jank, para discutir o assunto. Outro tema discutido na reunião desta sexta foi a necessidade de reformas nos autódromos brasileiros, para que possam ser usados todos os dias, não somente para provas de corrida, mas também para sediar eventos e outros espetáculos.

O Ministro dos Esportes solicitou aos representantes das categorias o envio de um projeto, que contemple esta e outras ações de melhoria para o automobilismo. Sobre a F3 Sul-Americana:A Fórmula 3 é reconhecida como a principal categoria de base do automobilismo, aquela que de fato revela os futuros talentos para as principais categorias do automobilismo mundial. Organizada pela 63MKT com supervisão da Confederação Sul-Americana de Automobilismo (Codasur) e da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA), a F3 Sul-Americana foi criada em 1987 e desde então já revelou grandes nomes do automobilismo mundial e nacional, como Rubens Barrichello, Nelsinho Piquet, Christian Fittipaldi, Cristiano da Matta, Hélio Castroneves, Tarso Marques, Bruno Junqueira, Ricardo Zonta, Vitor Meira, Xandynho Negrão, Hoover Orsi, Ricardo e Rodrigo Sperafico e muitos outros.

O regulamento técnico e esportivo é de responsabilidade da FIA (Federação Internacional de Automobilismo), que também concede ao campeão da temporada uma “Superlicença” que permite o acesso à Fórmula 1.

Website: http://www.f3sulamericana.com.br/

* Fotos: Miguel Costa Jr.
Singular Comunicação de Resultados
Marcos Santos
Thiago Ariki:

Farol Comunitário TV Web