quinta-feira, 19 de junho de 2008

Ministro Paulo Vannuchi vai ao RJ acompanhar as investigações das mortes dos jovens do morro da Providência

A Comissão Especial do Conselho de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana (CDDPH) – presidido pelo ministro da Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República (SEDH/PR), Paulo Vannuchi – vai ao Rio de Janeiro nesta sexta-feira (20), reunir-se com familiares das vítimas e autoridades civis e militares envolvidas nas investigações da tortura e morte de três jovens moradores do morro da Providência.

A Comissão é composta pelo presidente do Conselho Federal da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Cézar Britto, pela subprocuradora geral da República e procuradora federal dos Direitos do Cidadão, Gilda Pereira de Carvalho, e pela professora de Direito Constitucional da PUC-SP, Flávia Piovesan, e será acompanhada também pelo ouvidor nacional dos Direitos Humanos, Fermino Fechio.

O grupo vai ouvir moradores e acompanhar os inquéritos em andamento para garantir que os procedimentos judiciais resultem em punição exemplar dos responsáveis. Segue a agenda, sujeita a alterações:

POR DENTRO DA AGENDA DE TRABALHO
10h – Reunião com autoridades militares.
Local: Sede do Comando Militar do Leste, Praça Santo Cristo, 62.

11h30 – Reunião com autoridades policiais e Ministério Público.
Local: 4ª Delegacia de Polícia, Praça Cristiano Ottoni, sem número.

13h – Encontro com familiares das vítimas e comunidade do Morro da Providência.
Local: Associação dos Moradores do Morro da Providência.

15h30 – Coletiva de Imprensa.
Local: Universidade Cândido Mendes, rua da Assembléia, 10, 42º andar, sala 4201, Centro.

Assessoria de Comunicação Social
Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República
Telefones: (61) 3429-3498, 3429-3976 e 3429-9805.

Farol Comunitário TV Web