terça-feira, 17 de junho de 2008

Museu dos Ferroviários de Araguari recebe doação

Prefeito Marcos Alvim e Oto Braga sentados no banco restaurado, ladeados por Luizão (Secretaria de Obras) e Cínthia Maria Costa, presidente da FAEC - Foto: Patrimônio Histórico

Araguari - 17/06/2008 - A Prefeitura de Araguari representada pela Fundação Araguarina de Educação e Cultura (FAEC) e pela Divisão de Patrimônio Histórico recebeu oficialmente hoje (17) um banco de vagão de passageiros restaurado para o Museu dos Ferroviários representando as dezenas de doações realizadas pela comunidade.

O banco de trem, com encosto reversível, para ser usado dos dois lados, nas idas e vindas da viagem, foi utilizado por décadas no transporte de passageiros da antiga Estrada de Ferro Goiás, e doado ao Museu pelo ferroviário aposentado Oto Braga para compor seu acervo. Devido ao estado de conservação precária, o banco passou por um processo de restauração, acompanhado por técnicos do Patrimônio Histórico. A estrutura metálica e os braços de madeira ficaram aos cuidados da oficina da secretaria de Obras que, por sua vez, entregou o banco para a manutenção dos estofamentos, na empresa Ivo Equipamentos.

Conforme a presidente da FAEC, Cíntia Maria Costa, para surpresa dos técnicos envolvidos, quando o revestimento do encosto do banco foi retirado, sua estrutura de madeira se encontrava em decomposição e, novamente os marceneiros da Secretaria de Obras trabalharam para refazê-lo, seguindo o molde antigo e as técnicas originais. “No novo revestimento do estofamento foi utilizada uma estampa recente já que não foi possível encontrar o material original no mercado, evitando assim, imitações e evidenciado que o banco passou por um processo de restauração”, disse.

Segundo ela, após um mês de trabalho o antigo banco de trem foi entregue oficialmente ao Museu dos Ferroviários, devidamente restaurado e simbolizando a grande quantidade de doações que a comunidade fez ao Museu, integrando o Projeto de Educação Patrimonial “Museu dos Ferroviários de Araguari, guardião de nossa Identidade”, que objetiva oferecer à população local o universo da ferrovia, que marcou a história de nossa cidade. “É muito importante a participação da comunidade no dia-a-dia do Museu porque ele faz parte de nossa história, compondo nossa identidade. Convidamos todos a visitá-lo ou a contribuir com doações ou empréstimos para enriquecimento de seu acervo”, concluiu Cíntia Maria Costa.

Ana Letícia Castilho
Assessoria de Comunicação e Imprensa
imprensa@araguari.mg.gov.br
www.araguari.mg.gov.br

Farol Comunitário TV Web