quarta-feira, 2 de julho de 2008

Regional Jundiaí promove atualização para o tratamento da hipertensão arterial visando à proteção cardiovascular

Consciente de que o aumento contínuo da pressão arterial pode ocasionar danos a artérias de diferentes partes do organismo, a Regional Jundiaí da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo, com o apoio da AstraZeneca Cardiovascular, promove a palestra Tratamento da Hipertensão Arterial com Proteção Cardiovascular.

Será no dia 3 de julho, reunindo especialistas conceituados sob a coordenação do dr. Osvaldo Kohlmann, doutorado e pós-doutorado em Nefrologia pela UNIFESP e pela Boston University, respectivamente. A hipertensão arterial é uma das doenças com maior prevalência no mundo moderno.

As principais causas são a hereditariedade, a obesidade, o sedentarismo, o alcoolismo e o estresse. Sua incidência aumenta com a idade e estima-se que um quinto da população brasileira seja portador da patologia.

A hipertensão é fator de risco para doenças graves, como a aterosclerose, infarto agudo do miocárdio (IAM), acidente vascular cerebral (AVC) e insuficiência renal. Portanto, é essencial que haja a atualização e o estudo da enfermidade, visando à otimização dos atendimentos.

Trazendo à tona alguns relevantes estudos mundiais que envolvem hipertensão e proteção cardiovascular, dr. Osvaldo Kohlmann dará especial enfoque a importância de controlar a pressão, utilizando fármacos que não só promovam a normalização da pressão arterial, mas também sejam capazes de proteger os órgãos alvo, ou seja, cérebro, coração, rins, vasos e retina.

Os novos e aprofundados estudos têm trazido ânimo aos portadores de hipertensão arterial e pautas a serem discutidas pelos profissionais da área. Mas o especialista lembra que para alcançar o controle ideal é preciso de fármacos cuja eficácia tenha sido comprovada, como é o caso dos bloqueadores do sistema renina–angiotensina, bloqueadores do receptor AT1, tendo como exemplo a candesartana.

“A hipertensão arterial é uma enfermidade complexa, que pode acarretar muitos outros problemas de saúde ao portador. Por essa razão é essencial que novos estudos sejam feitos, para que tenhamos fármacos, cada vez mais eficientes, que evitem não só as alterações na pressão arterial, mas protejam os órgãos alvo da doença.” conclui o dr. Osvaldo Kohlmann.

Tratamento da hipertensão arterial com proteção cardiovascular
Data: 03 de julho de 2008
Horário: às 20h
Local: Toro Carnes Nobres
Endereço: Av. 9 de julho, 1650 - Alameda dos Restaurantes
Jundiaí – SP
Telefone: (11) 3179-0044

Patrocínio AstraZeneca Cardiovascular
Acontece Comunicação e Notícias
Heloísa Gonçalves ou Chico Damaso

Farol Comunitário TV Web