domingo, 3 de agosto de 2008

Tecnologia aplicada à arte em Petrópolis

TECNOLOGIA APLICADA À ARTE MOVIMENTA PROGRAMAÇÃO CULTURAL GRATUITA EM PETRÓPOLIS A PARTIR DESTA SEGUNDA-FEIRA
Público de todo o estado do Rio poderá conhecer como a tecnologia está cada vez mais presente na música, teatro e cinema
Você imagina o que seja um “Concerto para Laptop”?
E uma banda que utiliza a plataforma do jogo Wii para gerar sons eletrônicos?
Essas são algumas das atrações da programação cultural do I Festival de Tecnologia de Petrópolis (FTP 2008), que vai mobilizar a Cidade Imperial a partir desta segunda-feira, dia 4 de agosto, até sábado, dia 9.
O mote é apresentar ao público como a arte e a tecnologia caminham cada vez mais juntas. Para isso, a agenda contará com workshops, sessões de filmes e outras atrações gratuitas, que prometem atrair tanto os moradores de Petrópolis como o público de todo o estado do Rio de Janeiro. A programação cultural começa na noite desta segunda-feira, dia 4, com o lançamento da exposição do artista plástico carioca Eduardo Kac, um dos principais nomes brasileiros de atualidade em arte digital.
No dia seguinte, 5 de agosto, das 14h às 17h, o público que estiver na cidade poderá acompanhar o workshop “Arte e Tecnologia”, com o artista plástico carioca Eduardo Kac, um dos principais nomes brasileiros da atualidade em arte digital. Kac também exibirá a exposição EK VDB, utilizando TVs de plasma, de 4 a 9 de agosto, na Galeria da Faculdade Arthur Sá Earp Neto (Fase).
Na EK VDB, oito tvs de plasma mostrarão as principais obras de Kac, como “Time Capsule”, em que um chip exibe imagens de dentro do tornozelo do artista; “Rara Avis” com imagens a partir do ponto de vista de um papagaio robótico e GFP Bunny, a famosa coelha verde que causou barulho nos Estados Unidos e Europa por causa da censura de um laboratório francês.
Os DVDs da exposição são frutos de uma parceria com a Vídeo Data Bank, uma agência que distribui vídeos de artistas nos Estados Unidos e prevê lançamento da coleção de DVD da obra Eduardo Kac, no Estados Unidos, ainda para este ano. “Os vídeos serão exibidos pela primeira vez em público e não há previsão para o lançamento no Brasil”, revela Eduardo Kac.
No mesmo dia 5, às 20h, também haverá o workshop “Live Cinema – Cinema em Tempo Real” com Luiz Duva, uma investigação sobre a possibilidade de expansão da imagem para dentro da própria imagem. Duva apresentará o “Concerto para laptop”, uma composição audiovisual apresentada em uma performance multimídia, na qual as imagens e os sons são manipulados ao vivo e em tempo real.
A agenda inclui também o workshop “O Cinema é mais que Cinema?” com André Parente, artista e pesquisador da artemídia, sobre as novas “escritas” da linguagem do cinema, no dia 6 de agosto, entre 14h e 17h30, na Sala Manuel Bandeira. A partir de 18h, nos dias 6, 7 e 8 de agosto, a sala exibirá ainda dois filmes com temas ligados à tecnologia.
O workshop sobre Tecnologia no Teatro, com Ivan Sugahara, diretor da companhia teatral Os Dezequilibrados, acontecerá no dia 7, entre 14h30 e 17h, no Teatro Municipal. Às 20h, o Teatro Municipal será palco da peça “Vida, O Filme”, dirigido por Sugahara.

No dia 8 de agosto, os workshops acontecerão no Teatro Municipal e falarão sobre música e tecnologia. A primeira apresentação, às 10h, será de Marion Vale, integrante da banda Lenz KrafTone, que vem movimentando o cenário da house music com suas releituras que vão do rock ao jazz. Marion mostrará como a tecnologia viabiliza hoje a reprodução no palco de sons que, até então, só eram gerados em estúdio.

Às 11h, será a vez de Aluísio Didier, roteirista, diretor, produtor, maestro e pianista, com o tema “Construção Musical”. E às 17h, Johnny Chung Lee, Ph.D em interação da computação humana, fará workshop com o tema “Wii e Música”, no qual mostrará na prática o software que permite a utilização da plataforma Wii na área musical.

Para encerrar a noite de sexta-feira do I Festival de Tecnologia de Petrópolis 2008, a banda Lens KrafTone mostrará ao público os efeitos da tecnologia na música, em show no dia 8 de agosto, às 20h30. A banda irá tocar com controles remotos WII, com base no software de Johnny Chung Lee, numa apresentação integrada de som e imagem.

.No sábado, dia 9, se encerra a exposição EK VDB, de Eduardo Kac, na Galeria da Faculdade Arthur Sá Earp Neto (Fase).

Serviço:
A programação cultural do I Festival de Tecnologia de Petrópolis 2008 é aberta ao público, com entrada franca. Os convites poderão ser retirados no dia de cada evento, a partir das 10h, no Palácio de Cristal.

Data/Local/Horário/Palestrante/Evento
4 de agosto
Galeria FASE
19 às 22h
Eduardo Kac
Exposição EK VDB
5 de agosto
Galeria FASE
14 às 17h
Eduardo Kac
Workshop de Arte e Tecnologia
5 de agosto
Sala Manuel Bandeira
20h às 21h30
Luiz Duva
Apresentação de “Concerto para Laptops”
6 de agosto
Sala Manuel Bandeira
14h às 17h30
André Parente
Workshop sobre a construção musical
6 de agosto
Sala Manuel Bandeira
18h às 20h
Exibição de 2 filmes
7 de agosto
Teatro Municipal
14h30 às 17h
Ivan Sugahara
Workshop sobre tecnologia no teatro
7 de agosto
Teatro Municipal
20h às 22h
Apresentação do grupo Dezequilibrados, peça “Vida, O Filme”
7 de agosto
Sala Manuel Bandeira
18h às 20h
Exibição de 2 filmes
8 de agosto
Teatro Municipal
11h às 13h
Marion e músicos
Workshop sobre novos instrumentos de música
8 de agosto
Teatro Municipal
14h30 às 16h
Aluísio Didier
Workshop sobre construção musical

8 de agosto
Teatro Municipal
17h às 18h
Johnny Chung Lee*
Workshop sobre Wii e música
8 de agosto
Sala Manuel Bandeira
18h às 20h
Exibição de 2 filmes
8 de agosto
Teatro Municipal
20h30 às 22h
Lens KrafTone + convidados
Show
* a palestra será ministrada em inglês, sem tradução.
Endereços:
Palácio de Cristal -
Rua Alfredo Pachá, s/n – Centro
Galeria FASE
Av. Barão do Rio Branco, 1003 - Centro
Sala Manuel Bandeira
Rua da Imperatriz, 220 - Centro
Teatro Municipal
Praça Visconde de Mauá, 305 - Centro
Sobre o FTP 2008:
O I Festival de Tecnologia de Petrópolis é uma iniciativa inédita que acontecerá de 4 a 9 de agosto em Petrópolis, mobilizando toda a cidade em torno da tecnologia e de suas mais atuais aplicações. Serão mais de 30 palestras, 24 apresentações técnicas e debates sobre realidade aumentada, robótica, biotecnologia, inteligência artificial, entre outros temas, todas realizadas no auditório da Faculdade Arthur Sá Earp Neto (Fase). Entre os acadêmicos que farão palestras e apresentações técnicas, há 28 PhDs.
A programação completa e informações sobre inscrições estão disponíveis em www.ftp2008.com.br. Em paralelo, haverá uma extensa programação cultural gratuita, com workshops e palestras sobre a influência da tecnologia na música, cinema, teatro e artes plásticas, além de espetáculos que serão realizados nos principais pontos turísticos da Cidade Imperial.
O I Festival de Tecnologia de Petrópolis é uma iniciativa do Movimento Petrópolis-Tecnópolis, com realização do Movimento Petrópolis-Tecnópolis, Raven e Artéria, e conta com patrocínio do Ministério da Ciência e Tecnologia, Governo do Estado do Rio de Janeiro, Prefeitura Municipal de Petrópolis, Sistema Firjan, Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC), Faculdade Arthur de Sá Earp Neto (Fase), Petrobras, SAP, Oi, IBM DeveloperWorks Live!, Sun Microsystems, Neoris, Allen Informática e Idea Valley.
Assessoria de Imprensa
Textual Serviços de Comunicação

Farol Comunitário TV Web