quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Cidades do Pantanal e da Amazônia sediarão jogos da Copa de 2014


Brasília - Ricardo Teixeira, da CBF, Joseph Blatter, da Fifa, e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante encontro no Palácio do Planalto Foto: Roosewelt Pinheiro/Abr

Yara Aquino
Repórter da Agência Brasil

Brasília - Das 12 cidades-sede para os jogos da Copa do Mundo de 2014 que serão escolhidas pela Federação Internacional de Futebol (Fifa), uma será da região pantaneira, outra da região amazônica. Na região da Amazônia há duas concorrentes, Manaus (AM) e Belém (PA), e na pantaneira, Cuiabá (MT) e Campo Grande (MS).

Embora a Fifa só vá anunciar em março as escolhidas, o ministro do Esporte, Orlando Silva, afirmou que a garantia de inclusão de cidades dessas duas regiões foi dada pela Fifa. “São destinos turísticos fundamentais do país, que merecem ser promovidos”, disse o ministro.

Dezessete cidades concorrem as 12 vagas para abrigar jogos da Copa. Amanhã (30) uma comitiva da Fifa começa a visitar as cidades para fazer inspeções finais e então definir as escolhidas.

Após o anúncio das cidades-sede, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva irá convocar uma reunião com governadores e prefeitos para definir os trâmites para preparação da Copa. “Ele [presidente Lula] quer colocar no papel a responsabilidade de cada cidade e estado e do governo federal para que não haja dúvida e para que haja estabilidade na preparação do mundial”, afirmou Orlando Silva.

Questionado se as cidades concorrentes estão preparadas para receber jogos da Copa, o ministro Orlando Silva respondeu que atualmente nenhuma delas está pronta. “Há cidades que precisam modernizar os estádios, reformar aeroportos, em outras a rede hoteleira precisa ser expandida. Há diferentes demandas, mas creio que a Fifa irá analisar também a capacidade de realização de investimentos.”

Hoje (29), o presidente da Fifa, Joshep Blatter, se reuniu, no Palácio do Planalto, com o presidente Lula e com o ministro do Esporte. Blatter disse ter saído do encontro satisfeito por ter constatar que os estados e o governo federal dão a garantia para a organização dos jogos.

Ontem (28), em visita a São Paulo, Joshep Blatter confirmou que a Fifa atenderia o pleito brasileiro de escolher 12 capitais brasileiras para sediar os jogos e não dez como vinha insistindo.

Após a definição das cidades começa uma nova disputa: a de qual irá ficar com o jogo de abertura da Copa do Mundo de 2014.

http://www.agenciabrasil.gov.br/noticias/2009/01/29/materia.2009-01-29.4933443981/view

Farol Comunitário TV Web